Instituto de Cinema de SP

Cinema na América Latina:
Online AO VIVO

  • todos
  • cultura fílmica

Sinopse:

As primeiras imagens em movimento realizadas na América Latina datam de 1896, com a chegada do cinematógrafo dos irmãos Lumière a vários países. Entretanto, em mais de um século, muitos filmes produzidos nesta região, incluindo alguns clássicos, permanecem desconhecidos do grande público. Isto é resultado de sistemas desiguais de distribuição que privilegiam, em larga escala, os títulos dos EUA. Tamanha distorção motivou a elaboração deste curso, que visa chamar a atenção para a produção de Argentina, México, Chile, Cuba e Uruguai, e, ao mesmo tempo, apontar suas relações com o cinema brasileiro. Assim, partiremos do início dos anos 1960 e chegaremos até 2015, enfatizando cineastas e movimentos relevantes e que resultaram na diversidade temática e estilística do audiovisual produzido nos dias de hoje.

Datas e calendário:

  • Próximas turmas: 20/09/2021
  • Dias da semana e horário: Seg, Qua, das 19:00 às 22:00 horas.
  • Duração: 4 encontros Online AO VIVO
  • Carga horária: 12h

OBJETIVO:

Apresentar um panorama do vasto cinema da América Latina, buscando contribuir para a maior difusão destas cinematografias e propor uma reflexão sobre sua importância cultural. O curso também apresenta alguns pontos comuns entre o cinema brasileiro e de outros países da América Latina, compondo um conjunto de grande diversidade artística, temática e social.

DIFERENCIAIS DO CURSO:

- Aulas com exibição de trechos selecionados de diversas obras relevantes para compreender o Cinema na América Latina
- Amplie o seu vocabulário e seja uma referência nas conversas sobre cinema.
- Estude na maior e mais engajada escola de cinema em SP.

*O curso Cinema na América Latina Online AO VIVO, acontece exatamente como nossos cursos presenciais, permitindo total interação com o mestre proporcionando a melhor experiência de aprendizado a distância.
Em nossa plataforma online o professor utiliza lousa virtual, apresentação digital, pode apresentar vídeos e arquivos, e você pode interagir pela câmera e microfone ou pelo chat privado e coletivo, além do poder compartilhar sua tela e muitos outros recursos.

No Google Classroom, o Instituto poderá disponibilizar os arquivos digitais referentes a sua disciplina. Além disso, desde sua matrícula até o fim do curso, você estará em contato de nossa super. Equipe Educacional por e-mail, telefone e whatsapp diariamente das 8:00 às 22 horas, o lembrando do horário das aulas, respondendo dúvidas e muito mais.

PROGRAMAS:

Aula 1 (1955-1970)

A influência dos visionários Nelson Pereira dos Santos (Brasil), Fernando Birri (Argentina) e Leopoldo Torre Nilsson (Argentina); no anos 1960, Cinema Novo (Brasil) e Nuevo Cine (Argentina) propõem modernização artística, apesar do autoritarismo político; em Cuba, o ICAIC promove um cinema revolucionário; no Brasil sob crescente repressão, nasce o provocativo cinema “marginal”; e cresce a produção de filmes de denúncia (Argentina, Cuba e Chile).

Vanderlei Henrique Mastropaulo

Vanderlei Henrique Mastropaulo

Aula 2 (1970-1985)

México, anos 1970: políticas públicas promovem a ascensão do cinema de autor; no Brasil sob ditadura, as contradições do regime que censura, mas cria a Embrafilme; na Argentina, repressão, exílios e um cinema de resistência. Já nos anos 1980, o fim do ciclo de ditaduras permite a revisão crítica dos anos de chumbo na ficção e no documentário.

Vanderlei Henrique Mastropaulo

Vanderlei Henrique Mastropaulo

Aula 3 (1985-2000)

Anos 1980: crises econômicas na América Latina resultam em queda de produção. Entram em cena os sistemas de co-produção (sobretudo, com Espanha e França). Nos anos 1990, há lenta recuperação com novas políticas de fomento e descentralização da produção. No Brasil, a “Retomada”; na Argentina, o “nuevo” Nuevo Cine. De forma similar, novas leis no México garantem produção e veiculação de filmes. O cinema da América Latina se diversifica e reocupa mercados internacionais, mas ainda sofre para conquistar seu próprio público.

Vanderlei Henrique Mastropaulo

Vanderlei Henrique Mastropaulo

Aula 4 (2000-2015)

Os sistemas de co-produção se consolidam e se aprimoram. Além da produção tradicionalmente concentrada em México, Argentina e Brasil, outros países (como Paraguai, Equador e Uruguai) finalmente conquistam visibilidade. É o momento de recordes de produção e de muita diversidade temática. É também um momento de crescimento do cinema de animação.

Vanderlei Henrique Mastropaulo

Vanderlei Henrique Mastropaulo

Investimento:

À vista R$ 450,00 ou 3x de 150,00

Para mais informações,envie um email para matricula@institutodecinema.com.br ou nos ligue no (11) 3891-0633.

Fale Conosco Ícone branco transparente WhatsApp