Mulheres no cinema - 12 encontros - InC | Instituto de Cinema | Cursos de Cinema e Atuação

Instituto de Cinema de SP

Mulheres no cinema:
12 encontros

  • todos

Sinopse:

Panorama introdutório do cinema realizado por mulheres no Brasil e no mundo. Revisitando a presença e trajetória de algumas realizadoras, o curso destacará obras produzidas em períodos que vão desde o cinema silencioso, vanguardas europeias, Cinema Novo, até a contemporaneidade. Serão discutidas, também, como as narrativas abordadas nesses trabalhos estão atreladas, inevitavelmente, a questões históricas, sociais, comportamentais e políticas.

Datas e calendário:

  • Próximas turmas: 02/04/2019
  • Dias da semana e horário: Ter, das 19:00 às 22:00 horas.
  • Duração: 12 encontros
  • Carga horária: 36h

OBJETIVO:

Instigar os alunos a conhecer uma filmografia que se distancia dos cânones que costumam ser explorados Ampliar o repertório dos alunos sobre as mulheres que marcaram a história do cinema e estimulá-los a conhecer e assistir a mais obras dirigidas por mulheres Apresentar diferentes pontos de vista, abordagens, linguagens por meio das obras escolhidas para análise Debater produções fílmicas extrapolando o universo cinematográfico e dialogando com problemáticas do mundo que nos cerca

DIFERENCIAIS DO CURSO:

Curso inédito no Instituto de Cinema
Relevância e atualidade do tema
Curso com recorte raramente visto no mercado
Professoras multidisciplinares, com vivência aprofundada no tema abordado

PROGRAMAS:

MÓDULO 1 | Cineastas pioneiras

AULA 1
| Introdução ao curso
Apresentação das professoras e do programa do curso. Apresentação de dados sobre a participação da mulher em diferentes cinematografias e informações sobre as primeiras pesquisas dedicadas ao tema no Brasil. Apontamentos acerca de organizações, coletivos e outras iniciativas que pensam a mulher, representatividade, representação e paridade de gênero dentro do audiovisual.

AULA 2
| Primórdios do cinema
Por que o período entre 1908 e 1916 foi o momento mais promissor para as mulheres na história do cinema americano? Como diretoras pioneiras ajudaram a criar Hollywood, apesar de terem sido apagadas pela história.
Cineasta em foco: Alice Guy-Blaché (1873-1968)

AULA 3
| Cinema mudo
A contribuição feminina na era do cinema mudo, inclusive no Brasil, com Cléo de Verberena (1909-1972) e seu O Mistério do Dominó Preto (1931). Como a transformação do cinema em indústria foi fato determinante para a exclusão das mulheres.
Cineastas em foco: Lois Weber (1879-1939) e Dorothy Arzner (1897-1979)

AULA 4
| Cinema sonoro
O trabalho das mulheres por trás das câmeras nas primeiras décadas do cinema sonoro, incluindo no Brasil, com o sucesso de O Ébrio (1946), de Gilda de Abreu (1904-1979). Como o studio system foi marcado por grandes estrelas, mas poucas diretoras. A participação da mulher no cinema experimental.
Cineastas em foco: Ida Lupino (1918-1995) e Maya Deren (1917-1961)

Luisa Pécora

Luisa Pécora

Joyce Pais

Joyce Pais

MÓDULO 2 | Vanguarda e resistência

AULA 1
|Panorama europeu
Panorama da participação feminina no cinema europeu, incluindo o trabalho de diretoras como Germaine Dulac (1882-1942), Lotte Reiniger (1899-1981), Leni Riefenstahl (1902-2003) e Jacqueline Audry (1908-1977). A mulher por trás das câmeras na nouvelle vague.
Cineasta em foco: Agnès Varda (1928 - )

AULA 2
|Cinema Avant-garde
A partir do contexto da segunda onda feminista, em pleno curso sobretudo na Europa e EUA, serão explorados os trabalhos de duas cineastas que transitaram pela linguagem ficcional, documental, experimental, e foram essenciais para a construção de um cinema avant-garde, alinhado, também, a questões LGBT.
Cineastas em foco: Chantal Akerman (1950 - 2015), Barbara Hammer (1939 - )

AULA 3
|Cinema brasileiro moderno
Helena Solberg foi a única diretora do Cinema Novo, movimento comumente associado a nomes como Glauber Rocha, Nelson Pereira dos Santos, Leon Hirszman, etc. Com A Entrevista (1966), ela inaugurou uma filmografia que percorreu abordagens em torno da mulher. Será traçado, também, um panorama da carreira de Helena Ignez, que transitou do papel de “musa” a autora, assinando hoje roteiro, produção e direção dos seus próprios filmes.
Cineasta em foco: Helena Solberg (1938 - )

AULA 4
|Cinema de resistência
Sob a censura e o olhar patriarcal da Ditadura Militar (1964-1985), Ana Carolina (1949 - ) e Tereza Trautman (1951 - ) pautaram seus trabalhos na condição feminina, subvertendo valores, experimentando construções estéticas incômodas, alegorias como estratégia, e liberando corpos e desejos.
Cineasta em foco: Ana Carolina (1949 - )

Luisa Pécora

Luisa Pécora

Joyce Pais

Joyce Pais

MÓDULO 3 |Cinema contemporâneo

AULA 1
|Era dos blockbusters
Como a aposta de Hollywood nos blockbusters representou uma nova forma de exclusão a mulher e por que a chegada de uma mulher à chefia dos estúdios não alterou o status quo. Os sucessos de bilheteria dirigidos por mulheres e as diretoras que desafiaram estereótipos ao abraçarem histórias e gêneros tidos como masculinos.
Cineasta em foco: Kathryn Bigelow (1951 -)

AULA 2
|Novo cinema brasileiro
Com a retomada do cinema brasileiro nos anos 90, emergiram nomes como Anna Muylaert, Tata Amaral, Laís Bodanzky e Carla Camurati. A regionalidade passou a ser mais uma variável, tendo Pernambuco como foco, nos trabalhos de Adelina Pontual e Renata Pinheiro. No que toca a produção documental, o viés biográfico e a revisita da memória encontraram na atuação de Sandra Kogut, Malu de Martino e Petra Costa uma fluidez na perspectiva do olhar.

AULA 3
|Identidade, visibilidade e (re)existência
Streaming e TV/Webseries preenchem vazios deixados pelo cinema na questão da diversidade.
Debate sobre o tema cresce, números resistem. Questões de identidade vêm à tona com força e o recorte de raça entra em cena no Brasil e no mundo. Somado a isso, movimentos como Time's Up e #MeToo ganham força, ao passo que a indústria absorve, pontualmente, as demandas por obras como Mulher-Maravilha, Capitã Marvel.
Foco: Ava DuVernay (1972 -)

AULA 4
|Cineastas pelo mundo
Apresentação do trabalho de diretoras fundamentais nas cinematografias fora do Brasil e do eixo EUA-Europa, como Lucrecia Martel, Nadine Labaki e Naomi Kawase, entre outras.

Luisa Pécora

Luisa Pécora

Joyce Pais

Joyce Pais

Investimento:

À vista R$ 597,00 ou 3x de 199,00

Para mais informações,envie um email para matricula@institutodecinema.com.br ou nos ligue no (11) 3062-2794.