Instituto de Cinema de SP

Fábio Takeo

Foto do Mestre Fábio Takeo

Descrição

Fábio Takeo é ator, pedagogo teatral e roteirista. No cinema atuou no longa metragem “O Caseiro” (2016), de Julio Santi. Em 2013 foi indicado ao prêmio de melhor ator no London International Film Festival pelo seu trabalho no longa-metragem “O Circo da Noite”,de Julio Santi. Em 2017 participou do longa "Nada a Perder" da Paris Filmes. No teatro, em 2015/2016, sob direção de Ron Daniels, fez parte, juntamente com Thiago Lacerda, Giulia Gam, Marco Antonio Pâmio e grande elenco do Repertório Shakespeare composto pelas peças “Macbeth” e “Medida por Medida” de W. Shakespeare.
Foi co-fundador, em 2008, da “Cia da Memória”, à convite do diretor Ruy Cortez. De 2013 até 2015, integrou o elenco da Fraternal Cia de Arte e Malas-Artes dirigida por Ednaldo Freire. Atuou nos espetáculos “Borandá”, “Sacra Folia” e “A Gira da Rainha”. Trabalhou também em parceria com outros renomados profissionais das artes cênicas, como o premiado dramaturgo Luís Alberto de Abreu e o ator e diretor Celso Frateschi. Como pedagogo, criou em 2015 o "Estúdio Stanislávski”, fruto de sua pesquisa de mais de 10 anos como ator, cujo foco está no aprimoramento da técnica do ofício do ator a partir da última fase de trabalho de Konstantin Stanislávski, ator, diretor e pedagogo russo.
A base do Estúdio e dos seus cursos, oficinas e palestras é fundamentada em três pilares:
1 - A pesquisa de mais de uma década sobre o "Sistema" de Konstantin Stanislávski, principalmente sobre o último período de vida e trabalho do mestre russo. A base são os livros "El Último Stanislávski" de Maria Knébel e "Stanislávski in Rehearsal" de Vassili Toporkov (ambos lançados recentemente em português no Brasil com tradução direta do russo)
2 - A investigação prática do Sistema através dos estudos no Brasil e na Rússia com o professor Valentin Teplakov, além da parceria de trabalho de oito anos com o diretor e pedagogo Ruy Cortez, notório estudioso e pesquisador da obra de Stanislávski.
3 - A Psicologia Simbólica Junguiana, através da obra do psiquiatra e professor Carlos Byington, com ênfase nos livros: "Psicologia Simbólica Junguiana", "Dimensões Simbólicas da Personalidade", "Estrutura da Personalidade" e "A Viagem do Ser em Busca da Eternidade e do Infinito"
Ator formado pelo Teatro-Escola Célia Helena, também estudou interpretação em Moscou (Rússia), no GITIS (Instituto Estatal de Artes Teatrais) com o professor decano Valentin Teplyakov; Estudou também com Mario Biagini diretor associado do Workcenter of Jerzy Grotowski and Thomas Richards e com Robert Castle professor do Lee Strasberg Institute de Nova Iorque.

Disciplinas que leciona

  • Atuação
Voltar